A Câmara Municipal de Florianópolis aprovou, em 19 de outubro, Projeto de Lei Complementar 1485/2015, que proíbe o uso de animais para testes e pesquisas de fins farmacêuticos, cosméticos, perfumes e produtos de higiene. Proposta pelo Vereador Afrânio Boppré (PSOL), a lei deverá impedir o uso de animais em práticas consideradas torturantes e que colocam os animais em situação de vulnerabilidade.

Nas próximas semanas, a redação final do projeto será votada na câmara. Depois segue para sanção do Prefeito. Após a publicação no Diário Oficial, todas as instituições que fazem uso de animais para testes deverão encerrar este tipo de atividade e terão o prazo de um ano para adaptar suas atuações sem uso de nenhum animal.

A Jornalista e ativista pelos direitos dos animais, Janine Abreu, diz que a proibição de testes em é de extrema importância para os animais, mas também para os humanos. “Somos vítimas de medicamentos e de outros produtos cosméticos testados em animais, que por terem constituições físicas diferenciadas acabam resultando em erros absurdos. A libertação animal se trata também da libertação humana para a busca de resultados de pesquisas laboratoriais mais seguras e verdadeiramente eficientes”, assegura Janine.

Deixe sua opinião

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>